Amadurecimento Emocional

terça-feira, 24 de maio de 2011

O amadurecimento emocional é o aprendizado que tiramos de cada situação em nossas vidas, que envolve emoções e sentimentos marcantes. É de suma importância que você saiba dosar reações e sentimentos, tomando por base fatos que já ocorreram e que lhe fizeram refletir a tal ponto. É errando que se aprende! E enquanto você não aprender, o universo continua te pregando peças até que esteja preparado. É como se fosse uma evolução natural.

Cada vez que reagimos a uma situação, sempre do mesmo modo, estimula uma espécie de impressão em nossa mente. E como uma máquina programada, reagimos sempre da mesma maneira, esquecendo que muitas vezes as variáveis envolvidas em cada situação são distintas, o que exigiria outras análises e atitudes. E aqui entra outro problema: quando a mente é entorpecida por diferentes sentimentos como medo, desconfiança e ansiedade cria-se um ambiente de incerteza, que nebula o pensamento lógico e nos faz cometer equívocos.
 
 

Não confunda amadurecimento emocional com blindar seu coração. Isso não é ser frio como o gelo, ou ser indiferente diante das situações que exigem maleabilidade.  A verdade é que nossa mente geralmente está aberta ou fechada. Uma mente aberta é uma mente receptiva, disposta a receber informações e ao aprendizado. Já dizia Frank Zappa “a mente é com um paraquedas: só funciona quando se abre”. Para fazer sua mente ficar mais receptiva é crucial que você esteja bem-humorado e com autoestima elevada. Inserir hábitos novos na sua rotina também influência bastante. Uma mente fechada é uma mente escrava, com pensamentos e visão limitados. Essa qual que não se abre para novas ideias e oportunidades. Pessoas que fecham suas mentes, consequentemente estagnam suas vidas e são intolerantes diante dos acontecimentos.

E você, toma decisões baseado na razão e na lógica e não na emoção e ideias preconcebidas? Fica atento e pensativo aos argumentos apresentados pelas pessoas? Busca fatos e não boatos?  Uma pessoa que amadurece emocionalmente sai do círculo vicioso de estagnação, e passa a viver um círculo virtuoso, onde as oportunidades são infinitas e nada é impossível. E o mais importante é que quando você está de frente para determinadas situações, vai ter cabeça fria pra não funcionar no piloto automático e vai fazer a coisa certa!

E lembre-se que o amadurecimento emocional tem mais a ver com as situações que você viveu e o que você conseguiu aprender, do que quantos anos você tem.

5 comentários:

Entre o coração e a razão disse...

MUITO BOM

Carla disse...

Uii... um banho de água fria! rs
Coração não é tão simples quanto pensa, nele cabe o que não cabe na dispensa.
Temos sensações inerentes à esses problemas e creio que só Icaro nos entenderia hoje em dia.

Anderson Lopes disse...

Obrigado Pri, espero que tenho sido proveitoso pra você o post!
Ahhh Carla você acha mesmo? Penso que quando a gente aprende a lidar com certas situações, crescemos como pessoa. Se nunca fizermos uma autoanálise, como vamos evoluir num é mesmo? =D

Valeria Marteleto disse...

Não confunda amadurecimento emocional com blindar seu coração.(Anderson Lopes)
Na sua mente entra qualquer tipo de assunto no seu coração so o que vc quer aceitar...
Se não erramos como vamos aprender, eu penso que a vida e feita de autoanálise tbm...o ser humano precisa ser avaliado, para se avaliar... para se auto podar, ou seguir um caminho prospero, por isso precisamos de pessoas que nos elogia e nos critica, faz parte da vida to errada???
Beijos!!! Sinto falta dos seus conselhos...

Anderson Lopes disse...

No meu coração entra qualquer coisa! Não tenho esse domínio de escolher o que fica dentro o que fica fora. Bem que eu queria Val! hahaha. Brincadeiras a parte, esse não é o caminho... o caminho talvez seja a aceitação. E a opinião de pessoas próximas da gente é muito importante sim. O ser humano é um ser político, e como tal precisamos uns dos outros para evoluir.

Postar um comentário

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...